Em Picuí: Articulação do deputado Buba Germano junto à instituições e organizações dos agricultores resulta na conquista de programas e políticas públicas para o homem do campo - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

test banner ______________________________________________________________test banner

sexta-feira, 19 de março de 2021

Em Picuí: Articulação do deputado Buba Germano junto à instituições e organizações dos agricultores resulta na conquista de programas e políticas públicas para o homem do campo

Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje
Imagens: Reprodução/Assessoria.

Na manhã desta sexta-feira (19), famílias agricultoras de Picuí, município localizado na região do Seridó paraibano, foram beneficiadas por meio de uma ação do Projeto Algodão Orgânico da Paraíba. Ao todo, 08 famílias foram beneficiadas 
com a entrega de sementes de algodão, sendo 06 moradoras da região do Distrito de Santa Luzia do Seridó e 02 moradoras da Comunidade Baixa da Negra.

Acompanhe também o Portal Picuí Hoje no FacebookInstagram e no Youtube

A ação que é uma iniciativa do Governo do Estado em conjunto com a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (EMPAER) e a Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado da Paraíba (FAPESQ), aconteceu na Comunidade Mato Grosso, situada na zona rural do município, representa mais uma grande conquista de programas e políticas públicas para os produtores rurais da Terra da Carne de Sol e é fruto da articulação do deputado estadual Buba Germano (PSB) junto à (FAPESQ), a (EMPAER), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e a Associação dos Agricultores do Ecoprodutivo da Comunidade Mato Grosso.
O engenheiro agrônomo e técnico da FAPESQ, Vlaminck Paiva Saraiva, o presidente da Associação dos Agricultores do Ecoprodutivo da Comunidade Mato Grosso, José Caetano Neto, e o vereador Wagner de Valmir (DEM) e o agente de saúde Arnaldo Xavier estiveram empenhados na ação, onde na oportunidade 100 Kg de sementes de algodão foram distribuídas às famílias.

Durante entrevista concedida à nossa reportagem, Vlaminck Saraiva explicou que a ação aconteceu por intermédio do deputado Buba Germano,  o qual para ele "é um parlamentar que está sempre trazendo o que há de melhor, de novidades, de projetos  para as regiões do Seridó e Curimataú".
De acordo com o técnico e agrônomo, as sementes de algodão orgânico BR-286 que foram distribuídas, é uma variedade estudada e produzida pela EMBRAPA, que possui características para se adaptar ao semiárido e são cultivadas de forma sustentável, o que irá garantir benefícios ambientais e econômicos às famílias agricultoras, além de preços assegurados mediante contrato de compra e venda, o que já é negociado entre agricultor e o parceiro comercial do Projeto Algodão Orgânico da Paraíba, a Indústria Norfil.

"É um projeto exitoso que vem crescendo 100% a cada ano. Está consolidado. Os agricultores cultivam e colhem o algodão que é vendido a  Norfil, que produz o fio e vende a empresa Malhas Menegoti, que é a empresa que fabrica o tecido e já vende as fabricantes de duas marcas de roupas muito conhecidas no mundo todo, que são a Fórum e a Coach"  assegurou.

"Atualmente 01 quilo de algodão está sendo comercializado em torno de R$ 2,50, mas o agricultor poderá chegar a receber até R$ 2,75, desde que ele consiga cumprir todas as regras do projeto", explicou o o técnico e agrônomo ao salientar o "Plano de Recompensa".

Vlaminck garante que cada família recebeu sementes suficientes para plantar 01 hectare de terra e ainda explicou que outra vantagem de plantar o algodão é que ele pode ser consorciado com outras culturas como milho, gergelim, jerimum, sorgo e feijão, garantindo assim segurança alimentar, aumento na renda familiar e reserva de alimentos para os rebanhos em épocas de estiagens.

Para o presidente da Associação dos Agricultores do Ecoprodutivo da Comunidade Mato Grosso, José Caetano Neto, "a implantação, ou reimplantação dessa cultura em Picuí é de grande importância, uma vez que a região já foi uma grande produtora de algodão".

"É importante ter a certeza de que esta ação vem pra favorecer e trazer uma nova perspectiva de vida aos agricultores do nosso município que enfrentam dificuldades com a seca, principalmente em relação a oscilação de preços do mercado. Com a produção de algodão, todos eles poderão segurar suas sementes de feijão, de milho e vender o algodão a preço e de forma garantida" ‒ disse.

Para o vereador Wagner de Valmir, "o cultivo do algodão é extremamente importante para os produtores rurais de Picuí, uma vez que a cultura do algodão estava extinta na região".

"Por meio desta ação, estamos reimplantando essa cultura entre os associados da Ecoprodutivo da Comunidade Mato Grosso. Nós temos um objetivo e ele é fazer com que, por meio da ajuda do nosso deputado Buba Germano, essa cultura possa chegar a centenas de famílias agricultoras picuienses e de toda nossa região. Todas as famílias beneficiadas estarão em breve recebendo, além de assistência técnica, um certificado da existência de produtos orgânicos em sua propriedade‒ garantiu o parlamentar.

"Essa cultura é a que mais cresce em nosso país e com sua reimplantação em nossa região, iremos proporcionar, por meio da agricultura familiar, mais oportunidades aos homens e a mulheres do campo" ‒ finalizou.

Entenda mais o Projeto Algodão Orgânico da Paraíba

Criado em 2015 pelo Governo do Estado por meio da extinta Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PB), o Projeto Algodão Orgânico da Paraíba tem por objetivo o protagonismo do agricultor familiar na cadeia produtiva do algodão orgânico, melhorando os índices de produção baixando os custos, como também a interação de outras cadeias produtivas da bovinocultura de leite e de carne.

Iniciado no município de Gericó com apenas 5 famílias,  atualmente o projeto está presente em 60 municípios do Estado da Paraíba e conta com a atuação direta de 227 famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário