Clima Quente: Vereadores rompem com deputado Chió em sua principal base eleitoral: “É o fim da credibilidade que tínhamos por você”; Assista vídeos - Portal Picuí Hoje-O seu portal de notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Clima Quente: Vereadores rompem com deputado Chió em sua principal base eleitoral: “É o fim da credibilidade que tínhamos por você”; Assista vídeos

Mal iniciou o mandato, e o deputado estadual Chió, do Rede Sustentabilidade, sofreu uma grave baixa na sua base eleitoral, na cidade de Remígio, Brejo da Paraíba

Vereadores que eram integrantes da base governista à época em que o parlamentar era prefeito da cidade se rebelaram ao serem tachados de ‘moleques’ pelo legislador e resolveram dar um grito de independência, descartando qualquer tipo de retribuição ou subserviência ao hoje deputado.

O impasse começou na última sexta-feira, quando o prefeito em exercício, Francisco André Alves (PDT) convocou assessores, secretários e vereadores da base para uma reunião, em um salão de festas, com os aliados e a presença do deputado Chió. Todos acreditavam que o momento seria para o anúncio de alguma grande novidade para o município, tão grande a mobilização, no entanto, ao iniciar o discurso, o deputado ‘desceu a lenha’ contra os vereadores da base que não elegeram o irmão dele, o vereador Nilsão, do PT, para presidência da Câmara de Remígio, optando por um vereador adversário. 


Chió tachou o grupo de vereadores de moleques e bateu na mesa avisando que a liderança na cidade era ele e mais ninguém, numa espécie de recado de que todos ali eram para estar debaixo da coleira dele caso quisessem permanecer na base aliada.


O bate boca foi generalizado e esquentou o clima político na cidade.

A vereadora Vitorinha tentou reagir, pediu a palavra, mas foi retaliada. Segundo os presentes, um primo de Chió, que é policial militar, ameaçou a agredir a parlamentar, sendo impedidos pela turma do ‘deixa disso’. A parlamentar, no entanto, prestou queixa, conforme documento abaixo.

Outros vereadores também tentaram usar a palavra, mas tiveram o direito cerceado.

Como foram impedidos de discursar, os vereadores aproveitaram para descarregar as baterias contra o deputado na sessão legislativa e não pouparam críticas ao novato na Casa de Epitácio Pessoa.

Chió, que foi o deputado menos votado no pleito desse ano, abocanhando a 36ª posição graças ao artifício do quociente eleitoral, se continuar nessa pegada, pode passar do menos votado para o não votado no próximo pleito.

Veja o Boletim de Ocorrência:


Veja os vídeos:



Fonte: Blog do Ninja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso colaborador

Nosso colaborador