Ex-funcionária trans vai à Justiça contra 'O Boticário' por violência psicólogica e preconceito, na Paraíba - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

23.4.24

Ex-funcionária trans vai à Justiça contra 'O Boticário' por violência psicólogica e preconceito, na Paraíba

Loja O Boticário – Foto: Reprodução.
Uma ex-funcionária trans foi à Justiça contra a loja "O Boticário", sediada no Manaira Shopping, em João Pessoa, por violência psicológica e preconceito.

Em uma ação que tramita na 11ª Vara do Trabalho de João Pessoa, a mulher trans diz ter sofrido cobranças de forma imoderada, na frente dos colegas, com envio, por parte da gerência da empresa, relatórios de desempenho nos grupos de WhatsApp para constranger e humilhar os funcionários que não obtiveram as metas estabelecidas.

Como apurou o Blog do Maurílio Júnior, os relatórios de vendas eram expostos em grupos das lojas, tornando os funcionários que menos venderam naquele mês a chacota da empresa. Em um desses envios, a reclamante teve seu nome exposto como último da lista.

Ela diz ter sido vítima de uma piada pejorativa sobre a sua sexualidade. Na ocasião, estavam conversando sobre algo e uma funcionária falou, se referindo a reclamante na frente de todos, que ela teria uma "cobra", pelo fato de ser mulher transexual e a "cobra" se referia ao seu órgão genital de nascença.

A ex-funcionária relatou que a situação causou problemas de saúde como "crises de ansiedade, início de depressão, não sentir prazer em nada, ficar desmotivada, chegando a iniciar tratamentos médicos".

A ex-funcinária requer uma indenização no valor de R$ 207.352,77.

A audiência de conciliação, que estava prevista para acontecer em março, foi adiada devido à ausência da testemunha da empresa por estar de férias. A audiência foi remarcada para o dia 17 de maio.

Portal Picuí Hoje com Blog do Maurílio Júnior.

Clique aqui e entre em contato com o Portal Picuí Hoje por meio do fone-whatsapp (83) 9-8150-1594
 Clique aqui e siga o Portal Picuí Hoje no Instagram.
 Clique aqui e siga o Portal Picuí Hoje no Facebook.
 E-mail: picuihoje@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário