[VÍDEO] Polícia Civil prende segundo suspeito de homicídio praticado contra mulher em Picuí - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

terça-feira 26 2023

[VÍDEO] Polícia Civil prende segundo suspeito de homicídio praticado contra mulher em Picuí

Anuska foi morta dentro da própria casa, no bairro São José — Foto: Reprodução Redes sociais.

A Polícia Civil da Paraíba (PC/PB), por meio do Núcleo de Homicídios (NH) da Décima Terceira Delegacia Seccional de Polícia Civil (13ª DSPC), sediada em Picuí, município localizado na região do Seridó paraibano, com apoio do Nono Batalhão de Polícia Militar da Paraíba (9º BMPM/PB), sob a coordenação do delegado Dr. Rodrigo Monteiro, prendeu no final da noite dessa segunda-feira (25) o segundo suspeito de envovimento no homicídio praticado contra Maria Anuska de Macedo Rocha, de 45 anos de idade. O crime foi registrado nesse domingo (24), na cidade de Picuí.

O primeiro suspeito foi preso em flagrante nessa segunda-feira (24), em menos de 24 horas após o registro do bárbaro crime. Segundo a PC, existe um terceiro suspeito e ele continua foragido.

O caso continua sendo investigado pelo NH da 13ª DSPC de Picuí. Até o momento as autoridades policiais não revelaram as possíveis motivações do crime.

A PC pede a população que qualquer informação que possa contribuir para sua localização e captura do terceiro suspeito seja repassada por meio do Disque Denúncia, o número 197. A ligação é de forma gratuita e com sigilo garantido.

Relembre o caso:

Conforme informações apuradas pelo Portal Picuí Hoje, por volta das 6h do domingo, policiais militares do Nono Batalhão de Polícia Militar da Paraíba (9º BPM/PB) foram informados de que a Anuska teria sido encontrada morta pelo filho, no interior do quarto da residência da vítima, que fica sediada na rua Francisco Gomes de Oliveira, no bairro São José, e rapidamente se diligenciaram para averiguar a ocorrência. Ao chegar no local, os PMs constataram a veracidade do fato e, após realizarem os primeiros levantamentos, acionaram a PC.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Picuí também foi acionado para prestar socorro a vítima, mas ao chegar no local os profissionais encontraram a mulher sem sinais vitais. Ao Portal Picuí Hoje, o Dr. Eriegly de Sousa, médico que atendeu a ocorrência, disse que a vítima possuía um ferimento por arma branca do tipo esgorjamento — lesão incisa, de profundidade variável, situando-se na face anterior ou anterolateral do pescoço, entre a laringe e o osso hioide, ou sobre a laringe, raramente acima ou abaixo desses limites.

A partir da ciência do crime, uma equipe de investigadores do NH da PC, sob a coordenação do delegado Dr. Rodrigo Monteiro, compareceu no local para colher as primeiras informações, realizaram a preservação da cena do crime e acionaram uma equipe do Instituto do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal da Paraíba (NUMOL/PB) para realização de perícia e o recolhimento do corpo para o Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC/PB), que fica sediado em Campina Grande, cidade localizada na região do Agreste paraibano, onde deverá ser submetido a necropsia.

Conforme a PC, enquanto os investigadores realizavam diligências investigativas, a equipe pericial realizava exame do local e no cadáver da vítima, quando se identificou que a morte foi causada por golpes de faca, haja vista a vítima estava com vários ferimentos por todo o corpo e uma grande lesão no pescoço, o que demonstra uma conduta de raiva e crueldade.

Ainda conforme a PC, o filho da vítima foi ouvido pelos investigadores. Na ocasião, o menor de idade apresentou algumas informações e indicou pessoas que foram vistas próximo da residência ainda durante a madrugada. Com base nisso foram colhidos vários outros elementos de prova que envolveram os suspeitos da cena do crime, o que resultou numa ação de perseguição e localização de um dos suspeitos, que foi preso em flagrante e indiciado pela prática do homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário