Mulher baleada pelo marido morre no hospital horas depois do assassinato dos pais, em São Bento - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS

Post Top Ad

Post Top Ad

Mulher baleada pelo marido morre no hospital horas depois do assassinato dos pais, em São Bento

A mulher que foi ferida a tiros pelo marido, na manhã desta quinta-feira (2), em São Bento, município localizado na região do Sertão paraibano, não resistiu aos ferimentos foi à óbito no hospital da cidade. A informação foi confirmada pela Polícia Militar que acompanha o caso. O pai e a mãe dela também foram atingidos e morreram ainda no local.

O crime

De acordo com as primeiras informações apuradas pela reportagem do Portal Picuí Hoje, o homem efetuou os primeiros disparos contra a esposa e a sogra que estavam no interior de uma residência, e quando estava saindo, atirou no sogro que estava chegando em uma moto.
Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas e ao chegar no local puderam apenas constatar o óbito do sogro e da sogra e socorreram a esposa do suspeito ao Hospital Regional de São Bento, onde faleceu.

A Polícia Militar (PM) compareceu ao local, isolou a área para preservação das cenas do crime e realizou os primeiros levantamentos. A Polícia Civil (PC) também compareceu ao local e acionou equipe do Núcleo de Medicina e Odontologia (NUMOL), que deverá realizar os procedimentos de praxe e em seguida a remoção do corpo ao Instituto de Polícia Científica (IPC) de Cajazeiras, também no Sertão do Estado, onde serão submetidos a necropsia.

Há indícios de que o crime tenha sido motivado por ciúmes do suspeito com a esposa, com quem tem um filho de apenas 2 anos.

Preso

Durante diligências realizadas após o crime, a Polícia Militar (PM) consegui localizar e prender o suspeito que tentou fugir, mas foi preso em um veículo na saída da cidade. No carro estavam também a irmã dele e mais duas pessoas. A arma utilizada no crime também foi apreendida.

Investigação

Segundo o delegado Anderson Fontes, o suspeito aparentava estar em surto psicótico. Por causa disso, ainda não apresentou condições de ser interrogado.

O crime chocou a população a cidade que é reconhecida nacionalmente como a “Capital Mundial das Redes”.

Marcílio Araújo/Portal Picuí Hoje.

Post Top Ad