Senado poderá abrir CPI para investigar obras da gestão de Lula, Dilma e Temer - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

test banner ______________________________________________________________test banner

Senado poderá abrir CPI para investigar obras da gestão de Lula, Dilma e Temer

O líder do Partido Liberal (PL) no Senado, Carlos Portinho (RJ), apresentou nessa terça-feira (12) pedido para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as obras que tiveram início entre os anos de 2006 e 2018. Neste período, o país estava sob a gestão dos petistas Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011), Dilma Rousseff (2012-2016) e do emedebista Michel Temer (2016-2018).

Segundo Portinho, o pedido já reúne 28 assinaturas. Para a instalação de uma comissão de inquérito no Senado Federal são necessárias apenas 27. 
Assinaram o requerimento senadores de partidos da base do governo e senadores de partidos de centro.

Além do líder, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente, também estava na mobilização para reunir as assinaturas necessárias.

O documento diz-se necessário para “apurar eventual irregularidade e crimes na condução de obras de edificações, bem como, responsabilidade de agentes e ex-agentes públicos relativamente às ações e omissões que resultaram na existência de obras públicas iniciadas e não concluídas, no período supracitado, e, ainda, possíveis irregularidades no Programa de Financiamento Estudantil (FIES) no mesmo período".

Clique aqui e confira a íntegra do documento.

Marcílio Araújo/Portal Picuí Hoje.