Prefeito de Campina Grande inicia planejamento para retorno do São João em 2022 - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

test banner ______________________________________________________________test banner

26.8.21

Prefeito de Campina Grande inicia planejamento para retorno do São João em 2022

Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje com ClickPB
O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), declarou em entrevista concedida ao Programa Correio Debate, da TV Correio, nesta quinta-feira (26), que a prefeitura já começa a planejar a festa de São João em 2022. Com a amenização da pandemia e os números de infectados caindo cada vez mais ao passo que os vacinados crescem, Bruno comentou que está sendo analisada a possibilidade da festa voltar a acontecer após dois anos de lacuna em virtude da pandemia da Covid-19.

Acompanhe também o Portal Picuí Hoje no FacebookInstagram e no Youtube

“Tudo vai depender, naturalmente, da superação da pandemia”, ressaltou o prefeito, que ainda antecipou a intenção de realizar uma série de eventos teste nos próximos meses. Sobre os eventos testes, Bruno adianta que nesse contexto, já se estuda a realização de um show com artista de renome nacional, porém com a presença de público em mesas separadas e com o devido distanciamento.

O prefeito ainda declarou estar otimista em relação à volta da festa junina tomando como base o bom ritmo da vacinação e a queda vertiginosa no número de casos e de ocupação de leitos.

Bruno antecipou também que haverá o devido processo de licitação para a contratação da empresa que irá executar, em conjunto com a prefeitura, a realização do Maior São João do Mundo do próximo ano.

Flexibilização

Bruno acrescentou que já está havendo a liberação gradual dos eventos, com público máximo de 300 pessoas. Dentro desse planejamento, em aproximadamente dez dias, pretende apresentar um cronograma para o aumento do número de pessoas em eventos de Campina Grande.

Em sua visão, cerca de 70% da economia local tem como base o comércio e a prestação de serviços. Como os eventos aquecem a economia, lamentou o fato de ter sido registrada queda na arrecadação municipal em decorrência da pandemia. Nos dois últimos anos, este declínio foi de R$ 300 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário