Estudante frei-martinhense faz 980 pontos na redação do Enem 2019: 'Foi um ano de muita disciplina' - Portal Picuí Hoje-O seu portal de notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Estudante frei-martinhense faz 980 pontos na redação do Enem 2019: 'Foi um ano de muita disciplina'

João Marcos ao lado do seu pai, Damião Elói / Foto:Arquivo Pessoal 
João Marcos Da Silva Dantas Filho, de 18 anos, natural de Frei Martinho, município localizado no Seridó paraibano, representa mais um jovem que carrega o orgulho de ter sido estudante de escola pública e de ter conquistado uma boa pontuação na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019).

Ex-aluno da Escola Estadual Orlando Venâncio dos Santos, situada em Cuité, município localizado no Curimataú paraibano, onde terminou os estudos em 2018, ele fez 980 pontos na redação e 750 na média geral, fruto de uma dedicação implacável de um jovem que decidiu praticar muito durante todo o ano de 2019. Segundo João Marcos, de início, a prática para o alcance do resultado teve início com a escrita de uma redação por semana, depois passou para duas.

Leia mais: Estudante da ECIT Professor Lordão faz 980 pontos na redação do Enem 2019: 'Escolas públicas podem fazer a diferença'

Segundo João Marcos, em 2018 ele alcançou 690 pontos na média do Enem, só que, por ele querer ingressar no curso de medicina ‒ que requer uma nota de corte maior ‒ decidiu estudar mais.

"Foi um ano de muita disciplina, tive que estudar todos os dias do ano, quase sem nenhuma exceção. O segredo é praticar muito", disse.

"Meu objetivo para o futuro agora é entrar na faculdade de medicina ou no Curso de Formações de Oficiais (CFO) da Polícia Militar da Paraíba, que me inscrevi também", revelou.

Os argumentos utilizados por João para escrever a redação - que teve como tema este ano "Democratização do acesso ao cinema no Brasil" - foram como o cinema tem o seu caráter educacional deixado de lado pela falta de acesso na maioria das cidades e, como a indústria cultural deixa o cinema como uma indústria de massa. Além disso, o aluno citou a importância de Charlin Chaplin e do filme "Tempos Modernos", concluindo que a Agência Nacional do Cinema (Ancine), juntamente com o Ministério da Cultura devem divulgar obras gratuitamente, além de ser instituída via Legislativo a grade de cinemas nas escolas.

O Enem 2019 teve 53 notas 1 mil na redação, de acordo com um balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta sexta-feira (17). A Paraíba teve uma nota 1 mil, de uma estudante de 16 anos. O nome dela, no entanto, não foi divulgado. Esta é a maior pontuação que pode ser atingida.

Por Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso colaborador

Nosso colaborador