Em Picuí: Artista picuiense Luizinho Dantas é impedido de se apresentar na Festa de São Sebastião - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

domingo, 19 de janeiro de 2020

Em Picuí: Artista picuiense Luizinho Dantas é impedido de se apresentar na Festa de São Sebastião

Seria cômico, se não fosse trágico, andar pelos quatro cantos de Picuí, cidade localizada na região do Seridó da Paraíba, e ouvir diversos munícipes tristes, revoltados, lamentando o episódio ocorrido neste último sábado (18) no Pavilhão da tradicional festa em homenagem ao seu padroeiro, São Sebastião.

Segundo relatos, artista da terra Luizinho Dantas, empresário do ramo de restaurantes e da famosa carne de sol nas capitais dos Estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, foi impedido de se apresentar no Pavilhão.

E o povo que estava lá deseja saber: Tudo isso é porque o artista não é ligado ao 'Governo da Participação' ?

Ainda segundo os relatos, para disfarçar o boicote, foi criado um suposto problema técnico no equipamento de som que foi locado pela Prefeitura de Picuí para servir aos artistas durante as festividades. Ao proprietário do referido aparelho de som, conforme empenhos do Sagres abaixo, do início de 2017 até até o final de 2019, recebeu uma bagatela de quase R$ 75.000,00 dos cofres públicos da Prefeitura de Picuí.

Ouve-se centenas de relatos nos quatro cantos de Picuí

"Luizinho é famoso em sua terra e se torna famoso por onde passa pelo seu carisma, simplicidade e humildade, além da simpatia que é igualmente distribuída com todos. Ele não canta por dinheiro, é por amor. Ele canta para criar momentos de descontração e fazer com que seus  amigos sejam mais felizes. Acho que foi por isso que ele tanto almejou se apresentar para os seus conterrâneos", relatou uma das picuienses ausentes que estava presente no momento.

"Ele não merecia, nem merece, de forma nenhuma, ter passado por uma situação dessas. Foi vergonhoso a noite de ontem. Tomei para mim essa vergonhosa situação", finalizou.

"Luizinho gravou mais de mil CDs e DVDs para distribuir de graça com os que estivessem no pavilhão. Foi decepcionante. Chorei muito, com desgosto. Vê-lo sair daquela forma, constrangido e decepcionado pelos seus próprios conterrâneos, por essa terra que tanto ele ama, foi de partir qualquer coração" pontuou um dos amigos do artista.


Que São Sebastião tape os olhos para esse episódios ocorridos em sua festa !

A tarde deste domingo (19), dia em que a Igreja Matriz de São Sebastião realizou a tradicional procissão, poderia ser lembrada como uma tarde de fé e gratidão à Deus e ao seu padroeiro, mas ao contrário, será lembrada como uma tarde de lamentações, angústia e tristeza de familiares e amigos do Luizinho, o qual, segundo informações que chegaram a nossa redação, partiu nas primeiras horas desta manhã recheado de desgosto e altamente decepcionado por ter sido mal tratado e desconsiderado em sua própria terra natal.

Entretanto, os últimos dias serão lembradas, também, como os dias da panfletagem barata que veio trazendo não os testemunhos de fé dos fiéis do padroeiro e as obras da Igreja, mas os relatos mentirosos e as obras de reboco e pintura da gestão do prefeito do Partido dos Trabalhadores (PT) de Picuí, Olivânio Remígio.

Em seu perfil social no Facebook, o vereador Ataíde Xavier (PSD) falou sobre o episódio; Confira na integra:

Confira na íntegra um outro relato de uma picuiense:
A organização do evento ainda não se pronunciou sobre o ocorrido. O espaço está aberto ao querido padre Lúcio Flávio Falcão, pároco e líder religioso da Igreja Matriz de São Sebastião em Picuí.

Por Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário