CAMPINENSE CONQUISTA VAGA NAS OITAVAS DE FINAL DA SÉRIE D AO EMPATAR COM GLOBO-RN - Portal Picuí Hoje - O seu portal de notícias

O PORTAL DE NOTÍCIAS DE PICUÍ E REGIÃO

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

CAMPINENSE CONQUISTA VAGA NAS OITAVAS DE FINAL DA SÉRIE D AO EMPATAR COM GLOBO-RN

Segunda-feira, 01 de agosto de 2016
O Campinense garantiu vaga nas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro ao empatar em 0 a 0 com o Globo-RN, na casa do adversário, no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, Rio Grande do Norte, com partida iniciada às 19h. Isso porque no jogo de ida, a Raposa venceu por 2 a 1.
A Raposa precisava apenas de um empate ou de uma vitória por 2 a 1. O adversário poderia ganhar se marcasse 1 a 0, pois fez um gol fora de casa na ida. O clube garantiria vitória também se registrasse qualquer placar com, no mínimo, dois gols de diferença. Se o Globo-RN fizesse 2 a 1, a decisão seguia para os pênaltis.
O próximo adversário do Campinense é o Itabaiana, de Sergipe. O time descartou o Uniclinic, do Ceará, com empate em casa, por zero a zero, e com vitória fora de casa por 3 a 2.
Árbitros
Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE) [principal]
Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Fabrício Leite Sales (PE) [assistência]
Escalação do Campinense
Técnico: Paulo Moroni
Glédson, Everaldo, Joécio, Rafael, Danilo, Negretti, Magno, Vanger, Jussimar, Júnior Chicão, Reginaldo Júnior.
Escalação do Globo-RN
Técnico: Luizinho Lopes
Rafael, Ângelo, Negretti, Jamerson, Renatinho Carioca, Niander, Leomir, Gilson, Renatinho, Luizão, Romarinho.
Primeiro tempo
O Globo já chega investindo com jogada de Ângelo pelo meio. Mas quando o jogador finaliza, ele erra e manda a bola por cima do gol do Campinense. Mas a Raposa também ataca e Vanger toca para Jussimar, que mete acertando as mãos do goleiro Rafael. Espalmada, a bola volta em Danilo, que não consegue finalizar na rede.
Ainda no começo do jogo, aos sete minutos, o Campinense consegue subida de Everaldo. A bola esbarra na defesa do Globo-RN e a Raposa ganha um escanteio. Everaldo cobra e tenta achar Joécio. Mais uma vez, o Globo-RN afasta o lance da Raposa. O Campinense ganha novo escanteio.
Lance perigoso para o Globo-RN. Chicão tocou e Vanger lançou forte para a rede do time potiguar. A bola seguiu cruzando acima da cabeça do goleiro Rafael.
O Globo-RN também ameaça. Aos 21 minutos, Leomir chuta de fora da área após subir livre. A bola sai passando perto do gol do time paraibano.
Everaldo foi advertido com cartão amarelo, aos 26 minutos. O Campinense cobra mais um escanteio e faz o goleiro Rafael se esticar e buscar a bola no alto. Romarinho foi lançar no gol da Raposa, mas chutou fraco.
Aos 33, teve jogador saindo na maca: Renatinho caiu no gramado e se queixava de fortes dores. Jogo parado, atleta atendido e removido de campo.
Aos 35, o Globo-RN fez mais uma investida perigosa para o adversário. A bola ficou livre na área do Campinense, mas o zagueiro Joécio tirou ela da reta.
Aos 36, Ângelo recebeu cartão amarelo.
Depois de alguns escanteios marcados e finalizações perigosas para ambos os lados, o árbitro apita o fim da primeira etapa aos 46 minutos. Tudo empatado e a Raposa seguindo em vantagem.
Segundo tempo
Renatinho tenta avançar, mas é parado pela defesa do Campinense. Aos nove minutos, impedimento marcado pelo árbitro, quando a Raposa avançou.
Aos 10 minutos, ameaça forte para o Campinense. Mas o goleiro Glédson segurou. A bola espalmou e voltou nos pés do atleta de Renatinho. Glédson barrou de novo e Everaldo tirou ela da área, afastando a chance de gol.
Adversário teimoso, defesa persistente. Glédson, de novo, defendeu e parou a bola forte chutada da entrada da área por Ângelo, aos 13 minutos.
Depois de não mexerem em nada, a Raposa resolve modificar e tira Vanger para colocar Thiaguinho aos 17 minutos. Aos 25, foi a vez do Globo-RN mudar também: tirou Luizão e colocou André.
Aos 30, o clube potiguar ameaçou gol com finalização de Leomir. Mas a bola passou por cima do travessão.
Aos 31, veio a segunda mudança do Globo-RN, quando Renatinho saiu e Geovani entrou.
Aos 32, mais uma bola voando acima do travessão. Dessa vez, foi Júnior Chicão tentando marcar para o Campinense.
Aos 35, última modificação do Globo-RN. Saiu Niander e entrou Gláucio.
Aos 39, jogo parado porque o goleiro Glédson precisou de assistência médica em campo.
Desesperado, o Globo-RN começou a jogar com chutões. Com a pausa pelo atendimento ao goleiro Glédson e outras influências, o jogo foi prorrogado para mais seis minutos, indo aos 51. Paulo Moroni conversou com Alex Sandro, para nova substituição. Aos 47, novo atendimento a Glédson. E, finalmente, Alex Sandro entrou e Reginaldo Júnior foi para o banco.
Após algumas investidas de gol, fim de jogo aos 51 minutos e nenhum gol marcado. Campinense sai com vantagem e se classifica para as oitavas de final da Série D do Brasileirão..
Por Lucas Isídio

Nenhum comentário:

Postar um comentário