Advogada previdenciarista faz alerta sobre golpes recorrentes aos aposentados nas regiões do Seridó e Curimataú - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

12.6.24

Advogada previdenciarista faz alerta sobre golpes recorrentes aos aposentados nas regiões do Seridó e Curimataú

Advogada Taynan Santos – Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução.
Cientes da necessidade de atualização de informações, criminosos têm aplicado golpes contra aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) das regiões do Seridó e Curimataú da Paraíba. Abordagens por meio de ligações telefonicas, mensagens SMS ou e-mails são algumas formas utilizadas pela criminalidade para obter indevidamente dados pessoais dos beneficiários.

Há, ainda, a tentativa de convencer os aposentados sobre falsos empréstimos consignados ou mesmo adiantamento do 13º salário. Nesse caso, os criminosos se identificam como atendentes do INSS, do banco pagador ou até mesmo de empresas autorizadas solicitando informações pessoais, dados de cartão de crédito e senhas pessoais.

As informações são suficientes para realizar operações fraudulentas em nome dos aposentados. Esse tipo de golpe é conhecido como engenharia social, tática que usa meios digitais ou conversas telefônicas para enganar, acionar a emoção e construir confiança na relação com a vítima.

No intuito de deixar a população cada vez mais informada e preparada para não se tornar vítima da criminalidade, o Portal Picuí Hoje procurou a advogada Taynan Santos, que é especialista na área. Na ocasião, a profissional explicou algumas formas de como ocorrem as ações praticadas pelos criminosos contra os aposentados do INSS e fez alguns alertas.

Benefício bloqueado

O aposentado recebe a ligação de um falso atendente do INSS alertando para o bloqueio iminente do benefício por desatualização de dados cadastrais. O falso atendente argumenta que para atualizar é fácil, basta que o aposentado lhe forneça informações como CPF, endereço, data de nascimento, dados bancários, número do cartão do INSS e outras informações.

Convencido de que está conversando com um servidor do INSS, o aposentado fornece as informações solicitadas. Os dados são suficientes para o criminoso cometer fraudes em nome do segurado.

Agendamento de perícia médica

A perícia médica deve ser feita periodicamente por segurados de benefícios por incapacidade temporária ou continuada. Os criminosos fazem contato com as vítimas para agendar a consulta. Os falsos servidores solicitam informações do beneficiado como endereço, RG, CPF, dados bancários e até senhas em algumas situações.

O INSS alerta para que o segurado não forneça os dados. O instituto apenas pede informações ou documentos pelo sistema Meu INSS. As convocações poderão chegar por carta, notificação do banco pagador, e-mail ou publicação no Diário Oficial da União (DOU) e sempre estarão registradas no perfil do segurado no site Meu INSS com prazo e orientações para agendamento.

Prova de vida online

Os criminosos ligam para aposentados e pensionistas alertando sobre a necessidade de realizar uma prova de vida digital, modalidade nova criada em razão da pandemia da covid-19. Para a operação, o falso atendente do INSS pede para a vítima confirmar os dados pessoais e bancários. Depois solicita o envio de uma foto atual e dos documentos digitalizados, dando margem para um golpe do INSS pelo WhatsApp. Com os dados confirmados e a foto do documento, os criminosos podem realizar fraudes financeiras.

Atrasados a receber mediante taxa

O golpe é antigo e pode ser praticado por telefone ou por e-mail. Um falso atendente do INSS faz contato com a vítima e a informa sobre valores de benefícios atrasados que foram liberados para o segurado, com atualização e correção de juros. Surpreso e contente com o dinheiro extra que vai entrar, o aposentado informa os dados pessoais.

Na segunda etapa, é cobrada uma taxa administrativa a ser depositada pelo beneficiado para liberar o pagamento direto na conta do aposentado. Essa cobrança é feita por um falso boleto ou transferência de valores direto para uma conta.

Antecipação do 13º salário e consignado

Via de regra, o 13º salário é antecipado em parte para os aposentados do INSS para recebimento em junho, sexto mês do ano. Os criminosos, cientes desse calendário, fazem contato com o segurado para oferecer um adiantamento dos valores mediante uma taxa. O falso atendente de uma financeira solicita dados e cópia dos documentos para autorizar a operação.

O aposentado que recebe a oferta paga a taxa e envia as informações, porém não recebe o dinheiro. Muitas vezes ainda pode ser vítima do falso empréstimo consignado, em que os criminosos operam como agentes de financeiras e autorizam o crédito em nome da vítima.

O dinheiro cai na conta do segurado, porém as parcelas com juros também. Para o golpista, a vantagem é ficar com as comissões que remuneram o agente de crédito e a instituição responsável por intermediar o empréstimo.

Quem é Taynan Santos?

Contando com quase 10 anos de experiência, a advogada Dra. Taynan Santos é natural do município de Nova Palmeira e exerce a profissão com excelência. A profissional é detentora de uma alta concepção da alteração dos paradigmas da advocacia paraibana e brasileira. Seu nome tem sido repentinamente citado por clientes que obtiveram na Justiça seus direitos em causas do direito previdenciário, civil e administrativo reconhecidos, motivo pelo qual a jovem advogada tem feito crescer o número de clientes interessados nos seus serviços advocatícios.

Dra. Taynan Santos, que já conta com grandes experiências, centenas de atendimentos e diversos problemas das reais necessidades dos seus clientes sanados, possui escritório sediado no Empresarial Santos, na Praça João Pessoa, no Centro da cidade de Picuí. O espaço conta com profissionais altamente capacitados para oferecer um atendimento mais humanizado, além de uma enorme empatia com os problemas dos clientes que buscam conquistas judiciais por meio das melhores experiências possíveis.

Confira alguns serviços que são oferecidos pela advogada Dra. Taynan Santos junto a Justiça e ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

  • Auxílio doença;
  • Auxílio acidente;
  • Aposentadorias por idade, tempo de contribuição e por invalidez;
  • Pensão por morte;
  • BPC (Benefício de Prestação Continuada), previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS);
  • Revisão de aposentadorias e benefícios.

Mais informações:

 Entre em contato por meio dos fones (83) 9-8143-4989, ou (83) 9-8198-1341. Caso deseje ser atendido via Whatsapp, basta clicar aqui ou aqui. Basta  para receber atendimento no Whatsapp.
 Conheça a Dra. Tayana Santos no Instagram clicando aqui.
 Conheça a Dra. Tayana Santos no Facebook clicando aqui.
 E-mail: tayananmedeiros1136@gmail.com

Portal Picuí Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário