Estudo de Harvard mostra os riscos de tomar banho todos os dias - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

terça-feira 03 2023

Estudo de Harvard mostra os riscos de tomar banho todos os dias

Foto: Reprodução/Internet.
A rotina de tomar banho todos os dias é uma prática comum em muitas culturas, e por vezes é considerada essencial para a higiene pessoal. Apesar disso, segundo um estudo da Universidade de Harvard liderado pelo reumatologista Robert H. Shmerling, a prática pode ter um impacto negativo para a saúde das pessoas.

O artigo sugere que a frequência ideal de banho é variável. Aqueles que têm uma vida ativa ou trabalham em ambientes quentes podem se beneficiar de banhos diários para remover o suor e a sujeira. Por outro lado, quem possui a pele sensível pode precisar ter uma menor frequência de limpeza para manter a saúde da pele.

A chave, de acordo com a publicação, está em encontrar um equilíbrio e ter moderação. Tomar banho quando necessário para manter uma boa higiene é importante, mas nem sempre é necessário fazê-lo diariamente. Usar água morna em vez de quente e optar por produtos suaves para o cuidado da pele pode ajudar a evitar o ressecamento e a irritação.

Quais os riscos de tomar banho todos os dias?

Segundo o estudo de Harvard, a "pele normal e saudável" mantém uma camada de gordura e um equilíbrio de bactérias "boas" e outros microrganismos. Portanto, lavar e ensaboar a pele os remove, especialmente se a água estiver quente. Isso, conforme a publicação, pode representar riscos para a integridade física, como os seguintes:

Pele irritada que pode causar coceiraEmbora manter uma boa higiene seja essencial, banhos excessivos com água quente e sabonetes fortes podem ter efeitos negativos na pele. Eles são capazes de remover os óleos protetores e levar ao ressecamento. Para algumas pessoas, tomar banho com menos frequência e usar produtos suaves pode ser benéfico;

Ressecamento e rachaduras na pele: Isso pode permitir que as bactérias e alérgenos causem infecções cutâneas e reações alérgicas;

Sabonetes antibacterianos: Eles podem matar as bactérias importantes, distribuindo a flora microbiana da pele e permitindo a proliferação de organismos mais resistentes a antibióticos;

Anticorpos: Sujeira e outras exposições ao ambiente são necessárias para criar anticorpos protetores e "memória imunológica". Por isso, alguns pediatras e dermatologistas não recomendam banhos diários para crianças. De acordo com o estudo, "banhos frequentes ao longo da vida podem reduzir a capacidade do sistema imunológico de fazer o seu trabalho".

O que o estudo recomenda?

O sistema imunológico e a barreira natural da pele geralmente são eficazes na proteção contra bactérias prejudiciais. A necessidade de banhos diários, então, depende de fatores individuais, como atividade física, exposição ao suor e tipo de pele de cada pessoa. Adaptar a rotina de banho é a melhor maneira de manter uma pele saudável e confortável.

Se houver preocupações específicas com a pele ou a rotina de banho, sempre é recomendável buscar o conselho de um dermatologista ou profissional de saúde. Veja, abaixo, quais os benefícios da higiene:

Saúde: Em primeiro lugar, a boa higiene pessoal é essencial para manter a saúde. Ao lavar as mãos regularmente, por exemplo, o risco de contrair doenças infecciosas como resfriados e gripe é reduzido. Além disso, escovar os dentes e cuidar da saúde bucal previne problemas dentários e gengivais;

Emocional: O bem-estar emocional também é favorecido por uma boa higiene. Pessoas limpas e frescas melhoram as relações sociais e a qualidade de vida em geral. Evitar maus odores corporais e manter uma aparência cuidada contribui para criar uma impressão positiva nas pessoas;

No ambiente: Ao manter limpos os espaços compartilhados, como cozinhas e banheiros, a propagação de germes e doenças contagiosas também é reduzida, o que é especialmente relevante em ambientes como escolas e locais de trabalho.

Portal Picuí Hoje com Polêmica PB e O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário