Homem morre após bala ricochetear em clube de tiro no DF [VÍDEO] - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

quinta-feira 14 2023

Homem morre após bala ricochetear em clube de tiro no DF [VÍDEO]

A Polícia Civil informou que vai focar a investigação nas condições de segurança do estande — Foto: Reprodução/Redes sociais.

Um morreu na tarde dessa quarta-feira (13) depois de ser atingido por um projétil disparado por ele mesmo em um clube de tiro, em Planaltina, no Distrito Federal (DF). A vítima, identificada como Diego dos Santos Ribeiro, de 36 anos, possuía registro de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC), e atuava como tatuador no DF.

No momento em que Diego efetuou um disparo, a munição ricocheteou e o atingiu na região do peito.  A arma usada no momento do acidente não era dele, mas de um amigo, segundo o delegado responsável pelas investigações do caso, o chefe da 31ª Delegacia de Polícia, sediada em Planaltina, Fabrício Borges.

Conhecido como "Play Tatuador", Diego morava no Paranoá. Nas mídias sociais, o rapaz compartilhava a rotina de trabalho, além de passeios ciclísticos e viagens.

Investigações

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) informou que vai focar a investigação nas condições de segurança do estande.

"Tanto questões administrativas, de regularidade em relação ao funcionamento, e se o clube de tiro cumpria as medidas conforme a regulamentação", disse o chefe da 31ª DP, em entrevista ao Metrópoles.

"Há informações de que a arma que a vítima estava usando no momento em que efetuou o disparo era emprestada do amigo que estava com ele", acrescentou. "Queremos saber em quais condições está essa arma. Até mesmo a responsabilidade dos diretores e presidente do estande de tiros e responsáveis legais."

Uma câmera de segurança registrou o momento em que Diego é atingido. O vídeo (assista no desta matéria) mostra Diego atirando em alvos fixos perto de uma colina. Ele é observado por outro homem, que o auxilia, e uma mulher. Após fazer o disparo, o atirador se vira, cambaleia e cai. A mulher sai correndo, enquanto o outro homem vai na direção do baleado. Ele se desespera, pega o celular e sai do estande.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para a ocorrência no Clube de Tiro Sniper, localizado na Rajadinha II. Os socorristas chegaram a atender Diego com vida, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu no local.

O Metrópoles tentou contato com o clube de tiro, mas não foi atendido. O espaço segue aberto.

O caso é investigado pela 31ª DP de Planaltina.

Portal Picuí Hoje com Metrópoles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário