Advogado de alvo de buscas traz novidades sobre investigações do Caso Ana Sophia - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

sexta-feira 08 2023

Advogado de alvo de buscas traz novidades sobre investigações do Caso Ana Sophia

Sophia está desaparecida desde 4 de julho — Foto: Maria das Graças Gomes/Arquivo pessoal.

Após 65 dias do desaparecimento da menina Ana Sophia, de Roma, distrito do município de Bananeiras, localizado na região do Brejo da Paraíba, a polícia segue com as investigações. Recentemente, foi cumprido um mandado de busca na residência de uma professora que vive na região, o que gerou especulações sobre o caso.

Durante a busca na casa da professora, o celular do companheiro dela foi apreendido para averiguação. As circunstâncias dessa busca e apreensão geraram questionamentos, e o advogado do companheiro da professora, Marcus Alânio, comentou sobre o episódio.

Segundo o advogado, ele foi procurado pela família em virtude da busca que resultou na apreensão de celulares e computadores que estavam na residência. Alânio ressaltou que não tem acesso integral aos autos do procedimento e que as razões e motivações para essa ação não foram fornecidas às partes envolvidas.

O advogado explicou que, até o momento, as informações se baseiam no que foi conversado com as autoridades responsáveis pela investigação e em um vídeo que, segundo ele, serviu como ponto de partida para as investigações.

Marcus Alânio expressou preocupação de que o foco das investigações tenha se desviado do desaparecimento de Ana Sophia, minimizando a gravidade do caso. Ele também mencionou que, durante o cumprimento do mandado, um veículo que pertence a professora, que é concursada no município de Logradouro, foi levado, embora não constasse no mandado.

O advogado ainda esclareceu que a família da professora não tinha contato anterior com Ana Sophia ou sua família.

Por sua vez, a Polícia Civil (PC), por meio da delegada Maíra Roberta, afirmou que os trabalhos investigativos continuam sendo realizados pela equipe. Isso inclui oitivas e mandados de busca, quando necessário. A delegada ressaltou que tudo faz parte do processo e que a polícia, por meio dos canais oficiais, deve comunicar a sociedade conforme as investigações avançam.

Ana Sophia foi vista pela última vez em Roma, no dia 4 de julho do corrente ano. Desde então, esforços estão sendo concentrados na intenção de descobrir o paradeiro da menina.

Portal Picuí Hoje com F5 e T5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário