LUTO: Morre o 'Índio Etiene', o mais antigo figurante dos carnavais de Picuí - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

terça-feira 15 2023

LUTO: Morre o 'Índio Etiene', o mais antigo figurante dos carnavais de Picuí

Foto: Reprodução/Redes sociais.

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do Senhor Etiene Moreno dos Santos, ocorrido na noite desta terça-feira (15). Conhecido popularmente como "Índio Etiene", ele enfrentava sérios problemas de saúde e foi à óbito aos 85 anos de idade no Hospital Regional Felipe Tiago Gomes, em Picuí, cidade localizada na região do Seridó da Paraíba.

Único sobrevivente

Há muito tempo, os carnavais de rua de Picuí eram considerados como um dos maiores e mais tradicionais eventos, não só da cidade, mas de toda região. Ao passar dos anos, as festas carnavalescas foram perdendo o seu brilho nas terras picuienses. Isso por causa da ausência e dedicação de muitos picuienses, os quais eram responsáveis pela organização dos tradicionais eventos. Alguns deles partiram para um outro plano espiritual, outros decidiram residir em outras cidades país afora, ou simplesmente perderam o entusiasmo pela tradição que levava o povo às ruas; o que não foi o caso de Etiene, que subsistiu às mais diversas dificuldades, à exemplo da falta de apoio cultural, que ao passar das décadas se tornou um forte fator que causou o "esquecimento" das velhas tradições.

Quase que de forma inacreditável e simplesmente admirável, com a idade já um tanto avançada, o "velho índio" permaneceu sempre forte, sem nunca perder o amor pelas suas tradições carnavelescas. Por onde passava, fosse pelas ruas, avenidas ou quando adentrava os estabelecimentos comerciais, o Índio Etiene era facilmente percebido. Sempre foi recebido com muito amor, respeito e carinho por todos.

Era Incrível a forma como ele conquistava o público, desde a criançada até aqueles de "mais idade", que por meio da sua alegria, forte vigor e, evidentemente, das suas vestimentas, muito se emocionavam ao recordarem os bons tempos vividos durante os velhos carnavais de rua de Picuí.

É a vida! Hoje, na casa dos 32 anos, não alcancei os tão famosos carnavais picuienses que reunia centenas de pessoas, com marchinhas, fantasias improvisadas que animava toda a cidade e com aquele entusiasmo dos mais diversos blocos, assim como muitos, infelizmente, também não alcançaram. No entanto, particularmente, graças a pessoas como Etiene, tive o privilégio de conhecer parte dessa grande história cultural da minha terra, que inclusive reúne também alguns dos meus antepassados.

Enquanto digito aqui essas linhas no intuito de deixar registrada a minha homenagem a um homem que foi e sempre será tão querido por todos, sinto uma grande satisfação, ao passo que lamento a questão de que muitas pessoas, (principalmente essa juventude) não terão o descomunal privilégio de ter conhecido o índio pessoalmente, e que também, infelizmente, não o verão mais nos próximos carnavais passando pelas principais ruas e avenidas de Picuí, sempre vestido com àquelas roupas, as quais, talvez, tenham o tornado o índio mais feliz do mundo.

Com a legítima certeza, ele merece todas as homenagens da sua terra natal, simplesmente pela sua simples e tão grandiosa existência.

Seu Etiene deixa muitas saudades, além de um agigantado legado de coisas maravilhosas, entre elas, os grandes exemplos de honestidade, integridade e amor.

Velório e Sepultamento

O velório do corpo do mesmo ocorrerá na sua residência, que fica localizada à rua Garcia do Amaral, no Centro de Picuí, local de onde sairá o cortejo fúnebre para o Cemitério Público Monte Santo, no bairro Monte Santo, a partir das 16h desta quarta-feira (15).

Neste momento de profunda dor, expressamos nossos mais sinceros votos de profundo pesar a todos os familiares e amigos.

"Para quem tem Fé, a vida nunca tem fim".

Por: Marcílio Araújo/Portal Picuí Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário