Furtos de celulares aumenta 157% em um ano na Paraíba, diz Anuário da Segurança - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

quinta-feira 20 2023

Furtos de celulares aumenta 157% em um ano na Paraíba, diz Anuário da Segurança

Foto: Rodrigo Marinelli/g1.

Os furtos de celulares aumentaram 157% no estado da Paraíba, de acordo com dados do 17º Anuário Brasileiro da Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (20). Segundo o levantamento, foram 1.403 ocorrências em 2022, contra 403 casos no ano anterior.

No geral, os crimes de roubos e furtos de celulares caíram 4,5%. A diminuição é puxada pelos dados de roubos, que representam 3.560 ocorrências em 2022, e 4.397 ocorrências no ano anterior, uma diminuição de 19,4%. Somados, os crimes de furto e roubo de celulares resultaram em 4.603 registros no total.

As informações foram coletadas com Secretarias Estaduais de Segurança Pública e Defesa Social, com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O Anuário Brasileiro de Segurança Pública é um levantamento realizado desde 2007 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e é produzido a partir de dados e indicadores oficiais.

Roubos e furtos de véiculos

Em relação aos roubos e furtos de veículos, foram registrados 5.027 crimes, sendo um aumento de 10,7% comparado a 2021. Na Paraíba, foram 4.284 crimes de roubo e 1.481 furtos, em 2022.

Outros tipos de roubos diminuíram na comparação entre 2021 e 2022. O roubo a estabelecimento comercial caiu 12,7%. O roubo a residência diminuiu 27%, enquanto que o roubo a transeuntes caiu 15,4%. O roubo de carga também saiu de 27 casos em 2021 para 12 crimes em 2022.

A Paraíba registrou aumento de roubo a instituição financeira. Em 2022, foram 13 ocorrências, contra 2 crimes em 2021.

Ao total, foram 9.814 roubos em 2022, na Paraíba, representando uma diminuição de 5,9% em relação ao ano passado.

Por outro lado, os crimes de estelionato cresceram 41,3%. Foram 5.669 ocorrências em 2022 e 3.994 ocorrências no ano anterior.

Em relação a apreensão de drogas, foram registradas 3.889 ocorrências, sendo um aumento de 40,5% em um ano.

Portal Picuí Hoje com g1PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário