[VÍDEO] Polícia acha atrás de parede corpo que seria de mulher desaparecida há 9 anos - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

sexta-feira 09 2023

[VÍDEO] Polícia acha atrás de parede corpo que seria de mulher desaparecida há 9 anos


A polícia espanhola descobriu, escondido atrás de uma parede de um apartamento, o corpo que possivelmente pertence a Sibora Gagani, uma jovem de 22 anos de ascendência albanesa e cidadania italiana que desapareceu no Sul da Espanha em 2014.

Os restos mortais foram encontrados dentro de uma caixa de madeira, entre duas paredes do apartamento. Sibora desapareceu após o término de seu relacionamento com Marco Gaio Romeo, um italiano de 45 anos, com quem morava no local.

Utilizando um sistema de raio-X, os policiais descobriram a caixa de madeira escondida na terça-feira (6). O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para necropsia e identificação.

Em maio, Marco Romeo foi preso por assassinar sua atual companheira, uma mulher identificada apenas como Paula, de 28 anos, com 14 facadas. O crime ocorreu na cidade espanhola de Torremolinos. Após o assassinato, ele fugiu, mas foi capturado e confessou ter matado Sibora, a jovem albanesa, depois de reconhecer o rosto dela em um pôster de pessoas desaparecidas exibido na delegacia.

De acordo com relatos de um funcionário do governo, o italiano afirmou que utilizou cal para dissolver o corpo de Sibora e o colocou dentro da caixa, onde, juntamente com os restos mortais, havia um saco contendo uma faca com marcas de sangue e um ramo de flores sobre o cadáver.

Inicialmente, o espaço onde o corpo estava escondido era destinado a um armário. Uma parede foi construída para ocultar a caixa.

Os atuais ocupantes do apartamento afirmaram que nunca notaram nada estranho na residência.

A polícia já havia realizado diversas buscas no apartamento, fazendo pequenos furos nas paredes para inserir câmeras e procurar por pistas, mas até então não havia encontrado nada relacionado ao crime.

O suspeito encontra-se detido preventivamente desde o final de maio.

Um vídeo divulgado pela polícia espanhola mostra os agentes quebrando a parede para acessar o local onde o corpo estava escondido.


Sibora morava no apartamento com Marco desde 2011 até a data de seu desaparecimento, em 2014. Sua família, que residia na Itália, sempre divulgava imagens dela na esperança de encontrá-la.

Marco teria informado aos pais da jovem que ela havia decidido partir e deixou seus pertences pessoais para trás.

"Queremos a verdade e uma resposta definitiva", disse a mãe de Sibora ao site italiano RaiNews.

Imagens: Reprodução/Polícia Nacional da Espanha.
Portal Picuí Hoje com informações da CNN Portugal, El País e The Daily Mirror.

Nenhum comentário:

Postar um comentário