Adolescente morre após ser baleado em abordagem da PM, na Paraíba - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

terça-feira 11 2023

Adolescente morre após ser baleado em abordagem da PM, na Paraíba


Um adolescente de 14 anos morreu após ser baleado em uma abordagem da Polícia Militar em Santa Rita
, na Grande João Pessoa, na noite dessa segunda-feira (10). De acordo com a PM, a vítima estava com uma arma falsa em uma moto, com outro adolescente, e teria furado uma blitz. A família do adolescente contesta a versão da polícia.

Segundo o tenente-coronel Lima, comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar, a perseguição aos adolescentes começou no Bairro Tibiri, quando eles foram avistados por uma viatura que fazia rondas na região.

"Ao ver a guarnição, eles fugiram, e os policiais informaram via rádio que eles estavam com uma arma de fogo. Quando a dupla chegou no Bairro de Marcos Moura, uma segunda guarnição tentou interpretá-los, mas como eles estavam distantes, conseguiram desviar e entrar em outra rua. Porém, ao entrar nessa rua, bateram de frente com uma terceira viatura", disse o policial.

Ainda conforme o tenente, um dos policiais da viatura pediu para a dupla parar, mas eles continuaram guiando a moto em direção ao carro da polícia. "Como eles vieram em direção à viatura com a arma na mão, na medida em que se aproximaram e não pararam, o policial atirou e atingiu eles, que colidiram na lateral da viatura e caíram", completou.

Os policiais socorreram os adolescentes e os levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tibiri, porém um dos jovens não resistiu e morreu no local. O outro adolescente foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde está internado, na Uinidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado grave.

A família do adolescente que morreu contestou a versão da polícia. Em entrevista à TV Cabo Branco, uma pessoa que não quis se identificar contou que os adolescentes não estavam armados.

"Eles tinham voltado do colégio e ido deixar o cunhado em casa. Quando voltou foi que eles [a PM] fizeram essa abordagem. Os meninos com medo de parar, porque eram menores e não tinham habilitação, iam parar em casa. Como os meninos não pararam, ele atirou, encostou a viatura e atirou nos meninos a queima roupa", disse.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Santa Rita, que também apreendeu a arma apresentada pela Polícia Militar como sendo a que estava com os adolescentes.

Foto: Reprodução / TV Cabo Branco.
Portal Picuí Hoje com g1 PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário