URGENTE: Polícia Civil localiza e prende pastor evangélico condenado por estuprar enteada no Curimataú - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

URGENTE: Polícia Civil localiza e prende pastor evangélico condenado por estuprar enteada no Curimataú

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Barra de Santa Rosa, Curimataú paraibano, em um trabalho articulado com a Polícia Civil do Estado de Goiás, deu cumprimento a um mandado de prisão contra um um homem condenado a 15 anos por estupro. 
O homem era pastor evangélico e estava foragido.

Em entrevista concedida a reportagem do Portal Picuí Hoje, o delegado secccional Dr. Iasley Almeida revelou que o homem cometia abusos contra a vítima desde 2008, quando ela tinha apenas 13 anos de idade, no município de Damião, no Curimataú paraibano. Em março de 2020, a companheira do pastor flagrou os abusos e o denunciou. O condenado então fugiu da Paraíba, mas foi localizado no município de Santa Helena, em Goiás.
“Lá em Goiás, ele estava exercendo o trabalho de pastor evangélico, realizando cultos em igrejas na cidade onde estava escondido, mas escondendo seu passado de abusos sexuais contra a enteada”, disse Dr. Iasley.

Ainda de acordo com o delegado, a menor suportava os abusos que eram praticados dentro da sua própria residência em silêncio com medo do padrasto, o que só acabou após a mãe, (companheira do acusado) flagrar, no dia 29 de março de 2020, a prática da violência sexual, haja vista que os demais abusos eram praticados quando a mãe saia de casa para trabalhar.

O condenado foi transferido para a Paraíba, onde deve cumprir pena pelo crime de estupro de vulnerável.

Para Dr. Iasley, "não é o passar do tempo ou a distância que vai impedir o trabalho da Polícia Civil da Paraíba".

Deus perdoa os pecados, mas não livra os pecadores das consequências.

Portal Picuí Hoje.