Polícias prendem matador de organização criminosa que estava no Sertão da PB para cometer mais um crime - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

test banner ______________________________________________________________test banner

24/10/2021

Polícias prendem matador de organização criminosa que estava no Sertão da PB para cometer mais um crime

Uma ação das Polícias Civil e Militar do Estado da Paraíba, e da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, prendeu, nessa última sexta-feira (22), um homem de 33 anos de idade investigado pela prática de vários homicídios na região do Alto Sertão paraibano. Ele estava foragido no Estado de São Paulo desde o ano passado e voltou à Paraíba para cometer mais um assassinato, conforme indicam as investigações.

O foragido foi preso pelas equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organização da Polícia Civil da Paraíba (DRACO/PCPB), do 12° Batalhão de Polícia Militar da Paraíba (BPM/PB) e da Polícia Civil de Alexandria (PCRN). Ele foi capturado em Brejo dos Santos, município localizado na região do Sertão paribano.

O homem preso é membro de uma organização criminosa que já foi alvo de investigações das Polícias Civis do dos Estados do Rio Grande do Norte e Bahia, durante a "Operação Sinaloa", que apura o tráfico internacional de drogas. A prefeita do município de João Dias, no Estado do Rio Grande do Norte e o presidente da Câmara de Vereadores da cidade – pai dela – foram presos nessa operação, em 2020.

Nessa última terça-feira (19), dois irmãos da prefeita morreram em confronto com a Polícia Civil da Bahia. Francisco Deus Amor Jacome de Oliveira e Leidjan Jacome de Oliveira, também investigados pela Operação Sinaloa, foram baleados na troca de tiros e não resistiram aos ferimentos. Os mandados de prisão que os policiais tentavam cumprir são da Justiça Federal do Estado do Paraná.

Matador da organização

O homem preso na Paraíba era, segundo as investigações, o pistoleiro que atuava a mando da organização criminosa investigada pela "Sinaloa". Ele está recolhido, à disposição da Justiça.

Portal Picuí Hoje com Repórter PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário