18 moradores de asilo morrem após visita de 'Papai Noel' com Covid-19 - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

test banner ______________________________________________________________test banner

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

18 moradores de asilo morrem após visita de 'Papai Noel' com Covid-19


Um surto de Covid-19 causou ao menos 18 mortes entre moradores do asilo Hemelrijck, na cidade de Mol, na Bélgica, segundo informações da rede de TV pública VRT.

Acompanhe também o Portal Picuí Hoje no FacebookInstagram e no Youtube

Há a suspeita de que os casos tenham relação com a visita de um homem vestido de Sinterklaas (versão local do Papai Noel), que dias depois descobriu estar infectado pelo novo coronavírus. Ao menos 121 residentes do lar de idosos já testaram positivo para o vírus nas últimas semanas, além de 36 funcionários. 

Em fala reproduzida pelo site da VRT, o prefeito de Mol, Wim Caeyers, disse esperar "até dez dias difíceis" no acompanhamento do surto.

Fotos exibidas pela imprensa belga mostram alguns moradores sem máscaras e o distanciamento social não sendo cumprido durante a visita, no início de dezembro.

Pela tradição holandesa, também adotada em regiões de cultura flamenga (de Flandres, na Bélgica), o Sinterklaas entrega presentes em 6 de dezembro, o Dia de São Nicolau - o santo também relacionado à figura do Papai Noel em outros países do mundo.

É o caso da cidade de Mol, que se localiza na província de Antuérpia, na região de Flandres, onde se fala holandês.

Segundo a CNN americana, o asilo Hemelrijck foi visitado pelo filho de um residente interpretando o Sinterklaas. Sem sintomas até então, ele testou positivo para o novo coronavírus dias depois.

Em 14 de dezembro, quando o asilo já havia registrado 75 casos do vírus e uma morte, a prefeitura da cidade disse que o local havia cometido "um erro de julgamento", mas pediu uma "pesquisa científica aprofundada" para apurar se a visita foi a causa do surto.

A prefeitura afirmou que a grande maioria dos infectados estava "bem" e alegou que foram tomados cuidados durante a visita.

“Ao contrário do que diz a mídia, o São Nicolau não visitou todos os cômodos. A direção garante que o santo só visitou as áreas comuns, inclusive as áreas de descanso”, disse a prefeitura.

"O santo manteve distância dos moradores o tempo todo e não ficou mais do que alguns minutos em nenhuma área. Ele não distribuiu presentes", acrescentou a nota.

A Bélgica foi duramente atingida pela pandemia. A nação de 11,5 milhões de habitantes registrou mais de 638 mil casos do novo coronavírus e mais de 19 mil mortes por Covid-19, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins atualizados até a manhã desta segunda-feira (28).

No final de outubro, a pressão sobre o serviço de saúde era tão grande em certas áreas do país que os profissionais de saúde em alguns hospitais em Liège, a terceira maior cidade belga, foram solicitados a continuar trabalhando, mesmo se testassem positivo para o vírus - desde que não estivessem apresentando sintomas da doença.


Com informações de Mick Krever e Jack Guy, da CNN

Nenhum comentário:

Postar um comentário