Em Jaçanã: Ex-presidiário é assassinado e esposa é atingida por 4 disparos de arma de fogo - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

terça-feira, 14 de abril de 2020

Em Jaçanã: Ex-presidiário é assassinado e esposa é atingida por 4 disparos de arma de fogo

Um ex-presidiário foi assassinado na tarde desta terça-feira (14) em Jaçanã, município localizado na região do Seridó do Estado do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações, a vítima foi identificada como "Meninim", que foi surpreendido por homens ainda não identificados em um veículo, enquanto pilotava uma motocicleta passando pela Rua José Gregório junto com sua esposa, identificada como Denise, de 39 anos, a qual acabou sendo atingida por 4 disparos de pistola na região do abdômen e em um dos braços.

As vítimas não conseguiram fugir devido aos ferimentos e acabaram caindo entre uma árvore e uma casa deixando para trás uma grande mancha de sangue. Meninim morreu no local, já Denise foi socorrida com urgência pela viatura da Polícia Militar para a Unidade Mista de Saúde do município, e logo em seguida foi encaminhada para a Unidade Mista de Saúde do município de Nova Floresta, localizado na região do Seridó do Estado da Paraíba.

Em Nova Floresta, os primeiros socorros ficaram por conta de dra. Luzia e sua equipe. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e, após realizarem os procedimentos necessários, realizaram a transferência da vítima para o Hospital de Trauma em Campina Grande.

Ainda de acordo com informações, Meninim tinha alguns crimes na sua ficha criminal e um dos primeiros crimes cometidos por ele, foi ter assassinado o popular "Adriano de Triú", há 19 anos, durante um comício ocorrido na cidade de Jaçanã.

A Polícia Militar está no local cuidando no isolamento da área, enquanto aguardam a chegada do ITEP para remoção do copo. O crime segue sendo investigado pela Polícia Civil de Santa Cruz, município localizado na região do Trairi do Estado do Rio Grande do Norte.
Por Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje com informações do Rede Repórter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário