Polícia prende homem suspeito de matar filho, na Paraíba; vítima tentou defender mãe de agressões - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

22.4.24

Polícia prende homem suspeito de matar filho, na Paraíba; vítima tentou defender mãe de agressões

Suspeito de matar filho é preso, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco.
Um homem suspeito de matar o próprio filho a facadas nesse domingo (21), em Mata Redonda, distrito do município de Alhandra, localizado na região do Litoral Sul da Paraíba, foi preso na manhã desta segunda-feira (21). De acordo com o delegado Everaldo Medeiros, a vítima estaria defendendo a mãe, vítima de violência doméstica. O casal estava separado há três anos, mas o suspeito, Josenildo Borges, não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a dona de casa Fabiana Bulhões de Sousa, mãe da vítima e ex-companheira do investigado, uma discussão teria começado por ciúmes. O filho tentou intervir para defender a mãe e sofreu um golpe fatal de arma branca. A mulher afirma, inclusive, que já sofreu dois abortos por conta da violência praticada pelo ex-marido, e esse teria sido o motivo da separação.
Fernando Borges foi morto a facadas pelo próprio pai – Foto: Reprodução/ Redes Sociais.
Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima, identificada como Fernando Borges, de 18 anos, ainda chegou a pedir socorro no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Mata Redonda, e foi levada para o hospital, mas não resistiu e foi à óbito.

De acordo com o delegado Edernei Hass, nesta segunda (21), o suspeito da barbárie foi encontrado em uma região de mata entre os municípios de Pedras de Fogo e Mata Redonda. O delegado afirmou ainda que ele havia tentado fugir duas vezes da polícia no dia do crime, mas logo foi preso, após a polícia receber denúncias sobre sua localização.

Portal Picuí Hoje com g1 PB.

Clique aqui e entre em contato com o Portal Picuí Hoje por meio do fone-whatsapp (83) 9-8150-1594
 Clique aqui e siga o Portal Picuí Hoje no Instagram.
 Clique aqui e siga o Portal Picuí Hoje no Facebook.
 E-mail: picuihoje@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário