Mais de 90 crianças são hospitalizadas por comer bolinho de maconha - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

sábado 23 2023

Mais de 90 crianças são hospitalizadas por comer bolinho de maconha

Foto: Reprodução.
Mais de 90 crianças foram hospitalizadas por terem consumido bolinhos com maconha em uma escola na África do Sul. O caso ocorreu nessa quarta-feira (20), na escola de Pulamadibogo, na cidade de Pretória, uma das três capitais do país.

Os bolinhos foram adquiridos de vendedores de rua. Dois suspeitos foram detidos e devem ser julgados por tentativa de homicídio, segundo a polícia sul-africana.

A polícia, que está realizando um relatório toxicológico para confirmar se foi usada cannabis, afirma que mais de 90 alunos receberam os muffins e sofreram "sérias dores".

As crianças experienciaram náuseas, dor de estômago e vômito. Três garotas ainda estão hospitalizadas pelo consumo dos doces batizados.

Todos foram enviados para instalações médicas próximas e "cerca de 87" receberam alta, informou o departamento de educação em comunicado.

Riscos do consumo de maconha na infância

O uso de maconha de forma recreativa por menores de idade é consensualmente rejeitado pela medicina. Apenas em casos específicos, substâncias derivadas da maconha, como o CDB, podem ser utilizadas para tratamento médico de condições próprias, como esclerose amiotrófica lateral e alguns tipos de epilepsia.

Maconha por via alimentar é considerada mais arriscada

Além disso, o consumo da cannabis por via alimentar também é considerado mais perigoso, segundo cientistas. Consumir maconha através de alimentos pode ser mais perigoso do que fumá-la, pois os efeitos podem ser mais potentes e duradouros.

O início tardio dos efeitos da cannabis quando consumida, em comparação com quando fumada, pode levar ao consumo excessivo e à ingestão acidental de grandes quantidades dos canabinoides. Os sintomas associados à ingestão de alimentos altamente potentes são muitas vezes muito mais graves do que os sintomas experimentados após fumar a erva.

Maconha é legalizada na África do Sul?

O Tribunal Constitucional da África do Sul descriminalizou o consumo privado de maconha por adultos. O tribunal decidiu que a lei que proíbe o consumo de maconha em residências particulares é inconstitucional e, portanto, nula e sem efeito.

A decisão foi recebida com aplausos pelos defensores da legalização, e várias pessoas fumaram maconha em frente ao Tribunal Constitucional para comemorar. O tribunal também autorizou o cultivo de maconha para uso privado e ordenou que o Parlamento elaborasse uma nova lei no prazo de dois anos.

A planta, conhecida localmente como 'dagga', tem uma longa história na África Austral, que remonta a 1500, e é socialmente aceita por muitas comunidades indígenas.

Portal Picuí Hoje com Fórum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário