Com reajuste, Bolsa família volta a ser pago nesta segunda-feira - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

sábado 22 2023

Com reajuste, Bolsa família volta a ser pago nesta segunda-feira


A partir desta próxima segunda-feira (24), os benefíciários do Bolsa Família
com NIS (Número de Identificação Social) de final 6 vão começar a receber o pagamento.

O calendário referente ao mês de abril ficou atrasado devido ao feriado de Tiradentes. A Caixa Econômica Federal tem o costume de suspender as atividades aos finais de semana e feriados, o que acaba prejudicando o recebimento do benefício.

Os beneficiários do Bolsa Família seguem recebendo o extra de R$ 110, referente a quantia de um gás de cozinha.

Reajuste do Bolsa Família

Segundo o governo, 700 mil novas famílias serão beneficiadas pelo programa de combate à fome e à miséria que substitui o Auxílio Brasil. Saiba quem tem direito e quais são as condições. Terão início na segunda (20) os pagamentos do novo programa Bolsa Família, com valor médio de R$ 670. No início de março, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou, em cerimônia no Palácio do Planalto, o retorno do programa, que considera o "maior, mais sério e bem-sucedido programa de combate à fome e miséria da história do Brasil", segundo afirmou em postagem nas redes sociais.

A nova versão do benefício que visa combater a fome no país traz um reajuste de 3,81% em relação aos pagamentos do programa Auxílio Brasil, criado pelo governo anterior, e permite a inclusão de famílias com rendimentos mensais de até R$ 218 por pessoa.

O novo Bolsa Família deverá fornecer ao menos R$ 600 por família, com R$ 150 adicionais para cada criança de até seis anos, além de 50 reais adicionais para cada criança com mais de sete e para cada jovem com menos de 18. Segundo o governo, 8,9 milhões de crianças entre 0 e 6 anos já deverão receber o dinheiro em março.

O objetivo é proporcionar ao menos R$ 142 por pessoa em cada domicílio. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, "esse valor, que é a renda básica, leva em conta o custo de alimentação, o custo daquilo que são necessidades básicas da pessoa humana no Brasil, no padrão brasileiro".

Foto: Agência Brasil.
Portal Picuí Hoje com Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário