SOS HOTEL TAMBAÚ: Chefe da segurança registra boletim de ocorrência e denuncia roubos e vendas de utensílios históricos do hotel - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

SOS HOTEL TAMBAÚ: Chefe da segurança registra boletim de ocorrência e denuncia roubos e vendas de utensílios históricos do hotel


Nos últimos meses o Hotel Tambaú vem passando por momentos complicados e envolvido em várias polêmicas, no início deste ano a polêmica começou com denúncias dos funcionários reclamando de pagamentos atrasados e repartidos, logo depois voltou a informação que o hotel seria leiloado por conta de dívidas (que já são velhas), após isso, veio uma outra denúncia grave, onde peças, quadros e utensílios históricos do Tambaú, estavam sendo vendidos no portal de vendas OLX, a preço de banana, por um familiar do até então “gerente”, Sr. Edvan Araújo ( conhecido como o “careca carioca”), que se apresenta como representante do administrador judicial da então massa falida da companhia de aviação VARIG, cujo o Hotel Tambaú.

Acompanhe o Portal Picuí Hoje também no FacebookInstagram e Youtube

O chefe da segurança do Hotel Tambaú, Flávio de Lucena Correia, registrou na Polícia Civil um Boletim de Ocorrência, onde faz denúncia sobre os pertences do hotel que foram roubados e vendidos em sites como o OLX, como foi divulgado pelo Polêmica Paraíba.

“A venda através do site OLX de materiais e utensílios do Hotel Tambaú, feitos pelo Sr. Christian Rodrigues de Oliveira, funcionário do Hotel, a mando do S Edvan. Timóteo de Araújo, representante do administrador judicial, Sr. Marcelo Macedo, estava vendendo verdadeiras relíquias do Hotel Tambaú no site OLX, e que foi na época denunciada por uma “blogueira”, diz o documento.”

O segurança ainda informou que no dia 01/08 por volta das 12h30 saíram cargas do Hotel totalmente carregadas de materiais e objetos do local com destino ignorado, a mando do Sr. Edvan Timóteo de Araújo. O caminhão foi apreendido juntamente com os objetos na divisa da Paraíba com Pernambuco; Edvan Araújo não apresentou documentos ou ordem judicial para o transporte dos objetos e foi detido e encaminhado para a central de polícia.

Na denúncia feita à Polícia civil pelo segurança, está descrita as placas e cores dos veículos que levaram os pertences do hotel.

Na semana passada, os funcionários que ainda estão trabalhando no hotel, denunciaram as péssimas condições de trabalho, os seis seguranças que estão trabalhando, estão em condições insalubres, escravocratas e para completar, com três meses de salários atrasados; no Hotel não há mais energia, água ou comida, o Hotel se encontra abandonado, acumulando lixo e mato.

Confira na íntegra o documento:


Polêmica Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário