Novas informações acerca da morte do Cabo Edmo, do 9º Batalhão de Polícia Militar, morto após ser confundido com bandido, na Paraíba - Portal Picuí Hoje-O seu portal de notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Novas informações acerca da morte do Cabo Edmo, do 9º Batalhão de Polícia Militar, morto após ser confundido com bandido, na Paraíba

O cabo Edmo de Lima Tavares morreu vítima de disparos de arma de fogo na tarde desta terça-feira (29) após ser confundido com bandido, no distrito de Cachoeirinha, município de Tacima, na Paraíba. De acordo com informações, o PM trabalhava na região comercializando cestas básicas e estaria realizando entregas no momento em que ocorreu a fatalidade.

Edmo era lotado no 9º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba, com Sede na cidade de Cuité, no Curimataú paraibano, e integrou por um bom tempo uma das guarnições da 1ª Companhia do 9º Batalhão, instalada na cidade de Picuí, no Seridó paraibano.

Segundo informações de populares, três policiais à paisana do Estado do Rio Grande do Norte cumpriam um mandado de prisão na região e teriam confundido o PM com um bandido. Testemunhas relataram que durante tentativa de abordagem, imaginando que fosse um assalto já que os policiais estavam encapuzados, o PM reagiu e logo abriu fuga, mas acabou sendo atingido por vários disparos. Ainda segundo as informações, ele chegou a ser socorrido para o Hospital Distrital da cidade de Belém, na Paraíba, mas infelizmente morreu a caminho.

Nossa reportagem recebeu um depoimento que foi gravado em áudio por um morador que ia passando na comunidade onde ocorreu o fato; Degravamos parte, confira:

"Cheguei uns dez minutos depois...Quando ele viu os caras descendo do carro armado, encapuzados, todos descaracterizados, pensou que era um assalto e atirou nos caras, aí revidaram e atiraram nele. Ele entrou no carro dele, na strada e saiu, saiu na strada, na frente e os caras atrás, tome bala, bateu num buraco, arrancou o pneu do carro dele, e quando ele desceu do carro, atiraram novamente. Aí socorreram, e o pessoal: não é bandido não, não é bandido não! Esse aqui não é bandido, e tal... Aí socorreram e levaram pra Belém. Com meia hora depois, o pessoal que socorreram ele, que era os policiais do Rio Grande, voltaram e disseram lá que ele tinha entrado em óbito"...

A Polícia Científica foi acionada e realizou a perícia e remoção do corpo ao Núcleo de Medicina Odonto-Legal (NUMOL) do município de Guarabira, na Paraíba.

O caso está sendo investigado pelas polícias da PB e RN. Até às 19h, nenhuma assessoria havia se pronunciado sobre o ocorrido. A redação do Blog do Pedro Júnior tentou contato com os comandos, porém, não obteve sucesso.

Picuí e  região está em Luto. Muitas pessoas entraram em estado de choque ao receberem a triste notícia. Comovidos, populares usaram as redes sociais para lamentar a morte do policial que tanto contribuiu com o reforço da segurança do município. Edmo era casado e deixa duas filhas.

Marcílio Araújo - Portal Picuí Hoje com apoio do Blog do Pedro Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso colaborador

Nosso colaborador