Em Picuí: Hospital Regional de Picuí emite Nota de Esclarecimento acerca de fatos narrados por um paciente em redes sociais na tarde deste domingo (10). - Portal Picuí Hoje-O seu portal de notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 11 de março de 2019

Em Picuí: Hospital Regional de Picuí emite Nota de Esclarecimento acerca de fatos narrados por um paciente em redes sociais na tarde deste domingo (10).

O Hospital Regional da cidade de Picuí, Seridó paraibano, emitiu na tarde desta segunda-feira (11), uma Nota de Esclarecimento acerca de fatos narrados por um paciente em redes sociais na tarde deste último domingo (10).

Confira a Nota na íntegra:

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

HOSPITAL REGIONAL DE PICUÍ
“Dr. Felipe Tiago Gomes


NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Hospital Regional de Picuí vem a público esclarecer fatos narrados por um paciente em redes sociais na tarde deste domingo.

O fato comentado em rede sociais na tarde deste domingo dia 10/03/2019, onde um cidadão de nome RANIERE DOS SANTOS relata que a sala da triagem não tinha ninguém, que aguardou 30 minutos para ter o atendimento de sua filha, que do seu ponto de vista a equipe não tem competência alguma.

1. Importante relatar a população do Curimataú e Seridó Paraibano que nos últimos dias a demanda de atendimentos na Unidade Hospitalar tem aumentado cada vez mais, consequentemente o tempo de espera para o atendimento tem causado alguns transtornos para a população que busca os nossos serviços;

2. A Unidade Hospitalar é referência para uma população estimada em mais de 115 mil habitantes que compõem a 4º Região de Saúde do Estado. Diariamente, a equipe plantonista atende a uma demanda estimada de mais de 200 pacientes;

3. Durante o mês, a Unidade realiza uma média de 4.367 atendimentos ambulatoriais, 888 exames de radiologia e por imagem, 126 internações, 124 cirurgias e 70 partos, além de procedimentos internos realizados pelas equipes da obstetrícia, pediatria, clinicas médica e cirúrgica, bloco cirúrgico, setor de urgência e emergência, a exemplo de administração de medicamentos, soros, curativos, suturas, exames de ECG, aplicação de sondas, dentre outros, perfazendo um montante de aproximadamente 5.575 procedimentos realizados durante o mês;

4. No tocante a ausência de profissional na sala da triagem:

Informamos que os servidores escalados para o plantão no setor de ambulatório da urgência desta Unidade Hospitalar são responsáveis por inúmeras atribuições no setor, a exemplo de evoluir as fichas dos pacientes admitidos em leitos de observação nos eixos verde e amarelo, bem como de salvaguardar pacientes em estado grave de saúde no eixo vermelho (sala de estabilização). Ocorre também que a equipe é responsável pela administração de medicamentos, curativos, realização de exames, ausculta e aferição dos sinais vitais de todos os pacientes que são atendidos no ambulatório, dentre outros, relatados anteriormente. Portanto, é natural acontecer, de alguns minutos, o profissional necessitar de se deslocar para o posto de atendimento da urgência para realizar as suas atribuições, inclusive no apoio quando do processo de transferência de pacientes graves para hospitais de referência em grandes centros, deixando a sala da triagem em espera. Destaco que os profissionais desta unidade sempre tem tido um zelo muito grande com a saúde dos pacientes do nosso município e das cidades circunvinhas, que jamais abandonam seus postos de trabalho, a não ser para a realização de suas atribuições quando convocados para apoio em outros setores, que todos os pacientes que procuram a unidade são atendidos, mesmo que tenha um tempo de espera;

5. No tocante a ter aguardado 30 minutos para ter o atendimento de sua filha


Informamos que a Unidade de Saúde adota o 
Protocolo de Manchester para a triagem e classificação de risco, a técnica recebeu esse nome porque foi aplicada, pela primeira vez, na cidade de Manchester, na Inglaterra, em 1977, desde lá, muitos outros países se tornaram adeptos a esse sistema de triagem, a qual é utilizada em hospitais de todo o país. O Protocolo de Manchester é um sistema de triagem que funciona com cinco cores: vermelho, laranja, amarelo, verde e azul. Cada cor representa o grau de urgência no atendimento do paciente:


Ocorre que a paciente foi classificada para atendimento no eixo verde. A mesma foi devidamente atendida pelo médico plantonista e medicada conforme consta na ficha de atendimento a conduta médica adotada, dentro do tempo estimado, segundo o protocolo.

Acontece também que muitos pacientes são encaminhados de cidades circunvizinhas, por falta, em algumas vezes, de atendimento na Atenção Básica, o que é de obrigação do seu município de origem, mas mesmo assim, quando chegam ao Hospital querem ser atendidas de imediato, e os nossos profissionais também são seres humanos e necessitam de realizar suas refeições, ir ao banheiro, em fim, fazer suas necessidades pessoais, comum de toda pessoa, esteja ela exercendo qualquer função ou cargo público. Que todo e qualquer caso de urgência a equipe deixa tudo o que está fazendo para o atendimento imediato necessário a vida do paciente. Que por muitas vezes os médicos e os demais profissionais de saúde se abstém de suas refeições dentro do horário normal a fim de realizar e priorizar o atendimento da população;



6. No tocante ao usuário ter relatado que alguns profissionais não têm competência

Informamos que todos os nossos servidores possuem registro em conselho de classe específico e que estão habilitados para o exercício da profissão o qual foram designados, que são profissionais que dão a vida para salvar vidas todos os dias durante os plantões que estão bem carregados, e que fatos de atendimentos isolados, quando relatados ao setor responsável, são apurados e tomados às medidas necessárias a correção. Que está sendo elaborado um plano de capacitação, através do Grupo de trabalho Humanizado do Hospital para melhor preparar os profissionais para atender a população.

7. É lamentável o uso das redes sociais para propagar inverdades, principalmente em tentar denegrir a imagem de profissionais que zelam por um equipamento público que vem prestando um trabalho digno a população, uma vez que os dados apresentados mostram à verdadeira realidade dos serviços que são ofertados a população. Não será um fato isolado que infamara a imagem da nossa equipe, uma vez que toda a população de Picuí e das cidades circunvizinhas sabem do nosso relevante trabalho prestado dia e noite.

8. Por fim, muito nos orgulha ter um equipamento de saúde que atende a população do Curimataú e Seridó Paraibano e vem funcionando. Pois sabemos das dificuldades pela qual passa o Sistema Único de Saúde (SUS) em nível de Brasil, onde a demanda pelos serviços é cada vez mais crescente e os recursos financeiros cada vez mais escassos, que existem unidades, em outros estados da federação, que na maioria das vezes, não são disponibilizadas cirurgias e faltam até medicamentos básicos para a população. Que a nossa equipe esta aberta às informações, dúvidas, críticas e sugestões, bem como para prestar os esclarecimentos devidos. Sabemos que temos falhas e que estamos trabalhando para corrigi-las.

Agradecemos o carinho da população.

Equipe do Hospital Regional de Picuí. O TRABALHO SEGUE EM FRENTE.


“As pessoas podem fazer seus planos, porém é o SENHOR DEUS quem dá a última palavra. Você pode pensar que tudo o que faz é certo, mas o SENHOR julga as suas intenções. Peço a DEUS que abençoe os seus planos, e eles darão certo.” Prov. 16.1-3.

_________________________________________________________________________

Rua Francisco Pereira Gomes, n.º 15 – Monte Santo – Picuí – PB CEP: 58187-000
Fone/ Fax: (83) 3371-2554 – E-mail: hospitalregionaldepicui@gmail.com



Nosso trabalho é procurar ajudar, em todos os aspectos e de todas as formas possíveis a população em geral. Estamos sempre a disposição de todos, sem exceção. Nosso espaço é adepto a todo e qualquer assunto que beneficie, ou de alguma forma venha prejudicar a sociedade, seja ela picuiense ou não.



Portal Picuí Hoje.

Um comentário:

  1. o problema é que os funcionarios aparentam trabalhar de má vontade, muitos sao extremamente arrogantes

    ResponderExcluir

Nosso colaborador

Nosso colaborador