Prefeito paraibano preso por fraudes em processo licitatórios é transferido para o Presídio Regional de Patos - Portal Picuí Hoje

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

domingo 20 2023

Prefeito paraibano preso por fraudes em processo licitatórios é transferido para o Presídio Regional de Patos

Prefeito foi preso na "Operação Festa no Terreiro 2 — 
Foto: Reprodução.

O desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), determinou que o prefeito Umberto Jeferson (União Brasil), do município de São Mamede, localizado na região do Sertão da Paraíba, e os outros presos na "Operação Festa no Terreiro 2", que apura denúncias de corrupção na cidade, fossem transferidos para o presídio Romero Nóbrega, no município de Patos, também na mesma região.

Na decisão, o desembargador determinou que todos ficassem em celas comuns, mas que o prefeito ficasse separado dos demais.

Além do prefeito, estão presos os empresários Josivan Gomes Marques e Maxwell Brian Soares de Lacerda, além do ex-procurador-geral do Município, João Lopes de Sousa Neto, que se entregou à polícia na última quinta-feira (17).

Umberto Jeferson foi preso na "Operação Festa no Terreiro 2", que investiga um esquema de fraudes em processo licitatórios nos municípios de Patos e de São Mamede. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo cinco em Patos e um em São Mamede. Além disso, quatro mandados de prisão preventiva foram expedidos pela Justiça. Foi também determinado o afastamento de dois servidores de seus cargos públicos.

O promotor e coordenador do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Octávio Paulo Neto, disse, em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, que não descarta a possibilidade de novas fases da operação.

Portal Picuí Hoje com Portal Correio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário