Olivânio não prestigia Ordem de Serviço da TransParaíba para inaugurar pintura de ginásio - Portal Picuí Hoje - O seu portal de notícias

O PORTAL DE NOTÍCIAS DE PICUÍ E REGIÃO

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Olivânio não prestigia Ordem de Serviço da TransParaíba para inaugurar pintura de ginásio


Nesta terça-feira (14), quando o governador Ricardo Coutinho (PSB) volta a cidade de Picuí, Seridó paraibano, para dar a Ordem de Serviço (OS) da obra que trará a segurança hídrica para a cidade, o prefeito do município, em uma ação de desrespeito com a maior autoridade do estado, providenciou, de última hora, a inauguração da pintura de um ginásio adquirido pelo seu principal adversário, o então prefeito Buba Germano (PSB), nos seus primeiros meses de gestão, no ano de 2005.



Não é a primeira vez que o petista deixa de prestigiar a ida do governador a sua cidade. Na oportunidade em que o mesmo fez o lançamento da obra e percorreu todo o Seridó paraibano, o chefe do Executivo Municipal também não compareceu ao palco da solenidade. Após o evento, se ouviu falar que o mesmo acompanhou o ato junto com o seu vice embaixo de uma árvore, meio que se escondendo das autoridades presentes.

Na sua volta à terra da carne de sol, Ricardo mais uma vez não será prestigiado pela autoridade máxima do município. Atitude bem diferente da adotada pelo então vereador Olivânio, que não perdia um só evento institucional da prefeitura quando o mesmo comandava a bancada de oposição na Câmara Municipal.

Vale destacar que a pintura que Olivânio inaugura nesta terça-feira (14) é de um ginásio adquirido pelo então prefeito Buba Germano (PSB) nos seus primeiros meses de gestão, no ano de 2005, assim como todo o complexo da CNEC, que compreende a Escola Municipal Ana Maria Gomes, o Ginásio Municipal Felipe Tiago Gomes e o Estádio Municipal Amaury Sales de Melo.

Em um rápido comparativo entre o início das duas gestões, Buba (2005) e Olivânio (2017), nota-se a eficiência quando se percebe que, enquanto um adquiriu o local, o outro apenas pintou. Se os fins não justificam os meios, os inícios podem dar uma clara demonstração de como serão os fins.

Com Blog do Flávio.