CASAL SUSPEITO DE GOLPES SUPERIORES R$ 1 MILHÃO NA PB É ENCONTRADO E PRESO NOS EUA - Portal Picuí Hoje - O seu portal de notícias

O PORTAL DE NOTÍCIAS DE PICUÍ E REGIÃO

ANÚNCIOS SENSÍVEIS

EM BREVE NOVIDADES AQUI

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

CASAL SUSPEITO DE GOLPES SUPERIORES R$ 1 MILHÃO NA PB É ENCONTRADO E PRESO NOS EUA

Um casal suspeito golpes em pacotes de viagens na Paraíba foi encontrado e preso nos Estados Unidos pela Interpol e pela polícia de Miami, na quarta-feira (3). Eles estavam foragidos da justiça de João Pessoa há seis meses, com prisão preventiva decretada.
De acordo com o delegado Lucas Sá, Mariana Martins Reis Lucena e Victor Souza de Lucena, são investigados pela Delegacia de Defraudações desde janeiro de 2016, por fraudes superiores R$ 1 milhão.
A prisão se deu após DDF ter passado a monitorar os suspeitos, em conjunto com o consulado norte americano de Recife, com a Interpol e com a polícia de Miami. A DDF conseguiu autorização judicial para que os suspeitos fossem incluídos na lista vermelha de foragidos internacionais da Interpol - red alert.
Entretanto, para que os suspeitos fossem detidos e deportados, foi necessário aguardar o término do mês de julho, segundo informações da Interpol. Desta maneira, cumprido o prazo estabelecido, a dupla, já monitorada pela Interpol há mais de dois meses foi achada e detida. "Em face de estarem com dois filhos pequenos, apenas o suspeito Victor Lucena foi preso. Já a Mariana Reis passou a ser monitorada por tornozeleira eletrônica, dando-se seguimento ao procedimento de deportação, que seria concluído em poucos dias, com a entrega dos suspeitos à equipe da DDF", informou Lucas Sá.
"Porém, na tarde desta quarta feira (10), a DDF recebeu através de um oficial de justiça a decisão pela revogação da prisão preventiva, antes mesmo que a deportação fosse concluída. Ainda que os suspeitos tenham desviado valores superiores a R$ 1 milhão e que tenham fugido e que estejam morando atualmente nos EUA, a prisão preventiva foi revogada, antes que os suspeitos retornassem ao Brasil, para responderem pelos fatos praticados", falou ainda o delegado.

Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANÚNCIOS SENSÍVEIS

ANUNCIE COM O PORTAL PICUÍ HOJE